Como evitar que seu cartão de crédito seja Clonado

Possivelmente você conhece relatos de alguém que já tenha passado pelo triste evento de ter seu cartão de crédito clonado, ou até mesmo você já tenha passado por isso.

Publicidade

Infelizmente a clonagem de cartão de crédito é um problema que afeta os consumidores no dia a dia. Mas o que de fato é a clonagem de cartão? A clonagem de cartão de crédito refere-se à criação de uma cópia fraudulenta de um cartão de crédito. Acontece quando um bandido rouba as informações do seu cartão de crédito e as usa para criar um cartão falso. Para se proteger desse crime vale saber como ele acontece. Então vamos entender um pouco sobre isso.

Como funciona a clonagem de cartão de crédito?

Existem duas etapas principais na clonagem de cartão de crédito: obter informações do cartão de crédito e, em seguida, criar um cartão falso que pode ser usado para compras.

Publicidade

Roubo de informações de cartão de crédito. Os ladrões roubam os dados do seu cartão de crédito: seu nome, junto com o número do cartão de crédito e a data de validade. Frequentemente, os ladrões usam skimming, que é uma técnica complexa de leitura, para obter essas informações.

O skimming acontece frequentemente em caixas eletrônicos. Mas também pode ocorrer quando você entrega seu cartão para pagamento, especialmente se ele sair de sua vista.

Por exemplo, um garçom ou vendedor mal intencionado pode examinar os dados do seu cartão de crédito com um dispositivo portátil.



CARTÃO DE CRÉDITO
NUBANK
VER COMO SOLICITAR
* Você permanecerá no site!

Em um golpe de leitura típico, um trapaceiro conecta um dispositivo a um leitor de cartão e copia eletronicamente, ou lê, os dados da fita magnética no verso de um cartão de crédito.

Da mesma forma, o shimming rouba informações de cartões de crédito com chip. De acordo com a agência de crédito Experian, o skimming funciona inserindo um dispositivo fino conhecido como shim em um slot de um leitor de cartão que aceita cartões com chip.

O shim, equipado com um microchip e armazenamento flash, copia os dados do seu cartão de crédito. Embora essa informação não possa ser usada para clonar outro cartão com chip, ela pode criar uma versão com fita magnética do cartão.

Criando um cartão de crédito clonado. Os criminosos usam dados roubados para clonar cartões de crédito e fazer compras fraudulentas com a versão falsificada. Armados com dados de seu cartão de crédito, eles usam máquinas de clonagem de cartão de crédito para fazer novos cartões, com alguns ladrões fazendo centenas de cartões ao mesmo tempo.

Para não ser impedidos quando solicitados por um documento de identidade, alguns ladrões de cartão de crédito colocam seus próprios nomes (ou nomes de uma identidade falsa) nos novos cartões falsos para que sua identidade e o nome no cartão sejam iguais.

O lado positivo é que com o avanço da tecnologia os cartões clonados podem não funcionar por muito tempo. Os departamentos de fraude do emissor do cartão ou titulares do cartão podem perceber rapidamente a atividade fraudulenta e desativar o cartão.

Mas com certeza o intuito principal dessa matéria é ajudar você consumidor a se proteger dessa prática. Então, agora que você já entendeu como ela ocorre vamos ver como se proteger.

 Como reduzir o risco de clonagem de cartão de crédito

Para evitar o risco e o incômodo de lidar com um cartão de crédito clonado, você deve estar ciente das maneiras de se proteger contra skimming.

Esteja atento a skimmers. Antes de inserir seu cartão em um caixa eletrônico ou leitor de cartão, mantenha seus olhos atentos a danos visíveis, equipamentos soltos ou outros possíveis sinais de que um skimmer pode ter sido instalado.

Use um cartão com chip. Atualmente, os cartões foram atualizados para modelos com Chip. Com os cartões com chip, você insere o chip em um leitor em vez de passar a fita magnética do cartão.

O chip – um pequeno quadrado metálico na frente do cartão – armazena os mesmos dados básicos que a faixa magnética no verso do cartão. Cada vez que um cartão com chip é usado, o chip gera um código de transação único que pode ser usado apenas uma vez.

Compre com um aplicativo de pagamento móvel. Os aplicativos de pagamento móvel ou carteira digital permitem que você pague eletronicamente com um dispositivo móvel, em vez de com um cartão físico.

Por que os aplicativos de pagamento móvel são mais seguros do que os cartões físicos? Porque os dados transmitidos em uma transação digital são “tokenizados”, o que significa que são altamente criptografados e menos sujeitos a fraudes.

Pague em dinheiro.  Se tiver dúvidas quanto à sua segurança, usar o dinheiro é a melhor saída. Fazer compras com dinheiro vivo evita aborrecimentos que podem surgir quando você paga com cartão de crédito.

Monitore a atividade do seu cartão de crédito. Ao verificar a atividade do seu cartão de crédito online ou na fatura em papel veja se você encontra alguma transação suspeita. Por exemplo, se o seu extrato mostrar que você fez uma compra de R$ 400 em uma loja que fica a milhares de km de distância, em um lugar desconhecido, você deve notificar o emissor do cartão imediatamente para que ele possa desativar o seu cartão de crédito.

Além de acompanhar regularmente os extratos de seu cartão de crédito, você deve configurar alertas de texto ou e-mail para notificá-lo sobre certos tipos de transações – como sempre que uma compra acima de um valor estabelecido aparece em sua conta.

Se descobrir que o número do seu cartão de crédito foi roubado e um cartão clonado foi criado com ele, você não é financeiramente responsável por nenhuma atividade não autorizada.

Apesar de ao longo do tempo surgirem cada vez mais golpes, como as clonagens de cartões de crédito, é possível ainda tomar alguns cuidados para se proteger disso. Esperamos que as dicas apresentadas aqui possam contribuir para isso.

0

Aguarde um Momento